g02f0 hormonios sexuais topicos


RESULTADOS: 23

  •     FARMA DELIVERY
  •      ESTRIOL
  •      Apresentação: 1 MG/G CREM VAG CT BG AL X 50G + 50 APLIC 
  •      Princípio Ativo: ESTRIOL...
  •      Fabricante: LABORATÓRIO NEO QUÍMICA COMÉRCIO E INDÚSTRIA LTDA
  •      Categoria: Genérico
  •      EAN:  7896714221694
     
    PMC: 35.25
  •      R$ 19.82
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      ESTRIOPAX
  •      Apresentação: 1 MG/G CREM VAG CT BG AL X 50 G + APLIC
  •      Princípio Ativo: ESTRIOL...
  •      Fabricante: BRAINFARMA INDÚSTRIA QUÍMICA E FARMACÊUTICA S.A
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7896714203690
     
    PMC: 41.21
  •      R$ 21.41
     
  •     AGILLE MEDICAMENTOS
  •      ESTRIOL
  •      Apresentação: 1 MG/G CREM VAG CT BG AL X 50G + 50 APLIC 
  •      Princípio Ativo: ESTRIOL...
  •      Fabricante: LABORATÓRIO NEO QUÍMICA COMÉRCIO E INDÚSTRIA LTDA
  •      Categoria: Genérico
  •      EAN:  7896714221694
     
    PMC: 35.25
  •      R$ 23.00
     
  •     FARMA 22
  •      PROMESTRIENO
  •      Apresentação: 10 MG/G CREM VAG CT BL AL X 30 G + 20 APLIC
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
  •      Categoria: Genérico
  •      EAN:  7891317490003
     
    PMC: 51.03
  •      R$ 27.89
     
  •     AGILLE MEDICAMENTOS
  •      ESTRIOPAX
  •      Apresentação: 1 MG/G CREM VAG CT BG AL X 50 G + APLIC
  •      Princípio Ativo: ESTRIOL...
  •      Fabricante: BRAINFARMA INDÚSTRIA QUÍMICA E FARMACÊUTICA S.A
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7896714203690
     
    PMC: 41.21
  •      R$ 29.24
     
  •     DROGARIA FALCÃO
  •      PROMESTRIENO
  •      Apresentação: 10 MG/G CREM VAG CT BL AL X 30 G + 20 APLIC
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
  •      Categoria: Genérico
  •      EAN:  7891317490003
     
    PMC: 51.03
  •      R$ 33.28
     
  •     DROGARIA PRIMUS
  •      PROMESTRIENO
  •      Apresentação: 10 MG/G CREM VAG CT BL AL X 30 G + 20 APLIC
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
  •      Categoria: Genérico
  •      EAN:  7891317490003
     
    PMC: 51.03
  •      R$ 34.46
     
  •     DROGARIA FALCÃO
  •      ESTRIOPAX
  •      Apresentação: 1 MG/G CREM VAG CT BG AL X 50 G + APLIC
  •      Princípio Ativo: ESTRIOL...
  •      Fabricante: BRAINFARMA INDÚSTRIA QUÍMICA E FARMACÊUTICA S.A
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7896714203690
     
    PMC: 41.21
  •      R$ 37.91
     
  •     FARMA 22
  •      OVESTRION
  •      Apresentação: 1 MG/G CREM VAG CT BG AL X 50G + APLIC
  •      Princípio Ativo: ESTRIOL...
  •      Fabricante: SCHERING-PLOUGH INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7897572000292
     
    PMC: 46.24
  •      R$ 39.62
     
  •     DROGARIA PRIMUS
  •      STELE
  •      Apresentação: 1 MG/G CREM VAG CT BG AL X 50 G + APLIC
  •      Princípio Ativo: ESTRIOL...
  •      Fabricante: UNIÃO QUÍMICA FARMACÊUTICA NACIONAL S/A
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7896006213420
     
    PMC: 44.68
  •      R$ 40.67
     
  •     DROGARIA PRIMUS
  •      OVESTRION
  •      Apresentação: 1 MG/G CREM VAG CT BG AL X 50G + APLIC
  •      Princípio Ativo: ESTRIOL...
  •      Fabricante: SCHERING-PLOUGH INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7897572000292
     
    PMC: 46.24
  •      R$ 41.92
     
  •     AGILLE MEDICAMENTOS
  •      OVESTRION
  •      Apresentação: 1 MG/G CREM VAG CT BG AL X 50G + APLIC
  •      Princípio Ativo: ESTRIOL...
  •      Fabricante: SCHERING-PLOUGH INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7897572000292
     
    PMC: 46.24
  •      R$ 43.93
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      OVESTRION
  •      Apresentação: 1 MG/G CREM VAG CT BG AL X 50G + APLIC
  •      Princípio Ativo: ESTRIOL...
  •      Fabricante: SCHERING-PLOUGH INDÚSTRIA FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7897572000292
     
    PMC: 46.24
  •      R$ 45.30
     
  •     DROGARIA PRIMUS
  •      ANTROFI
  •      Apresentação: 10 MG/G CREM VAG CT BG AL X 30 G + 20 APLIC
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7891317490133
     
    PMC: 65.98
  •      R$ 56.50
     
  •     FARMA 22
  •      ANTROFI
  •      Apresentação: 10 MG/G CREM VAG CT BG AL X 30 G + 20 APLIC
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7891317490133
     
    PMC: 65.98
  •      R$ 57.53
     
  •     DROGARIA PRIMUS
  •      COLPOTROFINE
  •      Apresentação: 10 MG CAP GEL MOLE CT BL AL PLAS INC X 20
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: TEVA FARMACÊUTICA LTDA.
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7898919603152
     
    PMC: 67.6
  •      R$ 57.90
     
  •     DROGARIA FALCÃO
  •      COLPOTROFINE
  •      Apresentação: 10 MG CAP GEL MOLE CT BL AL PLAS INC X 20
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: MERCK S/A
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7891721031342
     
    PMC: 60.09
  •      R$ 62.19
     
  •     FARMA 22
  •      COLPOTROFINE
  •      Apresentação: 10 MG CAP GEL MOLE CT BL AL PLAS INC X 20
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: TEVA FARMACÊUTICA LTDA.
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7898919603152
     
    PMC: 67.6
  •      R$ 62.29
     
  •     AGILLE MEDICAMENTOS
  •      ANTROFI
  •      Apresentação: 10 MG/G CREM VAG CT BG AL X 30 G + 20 APLIC
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7891317490133
     
    PMC: 65.98
  •      R$ 63.54
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      ANTROFI
  •      Apresentação: 10 MG/G CREM VAG CT BG AL X 30 G + 20 APLIC
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7891317490133
     
    PMC: 65.98
  •      R$ 63.65
     
  •     AGILLE MEDICAMENTOS
  •      COLPOTROFINE
  •      Apresentação: 10 MG CAP GEL MOLE CT BL AL PLAS INC X 20
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: TEVA FARMACÊUTICA LTDA.
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7898919603152
     
    PMC: 67.6
  •      R$ 64.23
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      COLPOTROFINE
  •      Apresentação: 10 MG CAP GEL MOLE CT BL AL PLAS INC X 20
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: TEVA FARMACÊUTICA LTDA.
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7898919603152
     
    PMC: 67.6
  •      R$ 69.18
     
  •     AGILLE MEDICAMENTOS
  •      COLPOTROFINE
  •      Apresentação: 10 MG/G CREM VAG CT BG AL X 30G + APLIC 
  •      Princípio Ativo: PROMESTRIENO...
  •      Fabricante: TEVA FARMACÊUTICA LTDA.
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7898919603176
     
    PMC: 78.48
  •      R$ 74.56
     



 INFORMAÇÕES DO MEDICAMENTO


PROMESTRIENO


Para que serve o Promestrieno

O promestrieno é indicado para o tratamento de atrofia vulvovaginal decorrente de deficiência estrogênica.

O promestrieno também é indicado no caso de retardo da cicatrização cérvico-vaginal pós-parto normal, pós-cirurgia ou após terapias locais com agentes físicos.

Contraindicação do Promestrieno

O promestrieno é contraindicado:

  • Hipersensibilidade conhecida ao promestrieno ou a qualquer componente da formulação;
  • Durante a lactação;
  • Histórico ou suspeita de câncer de mama;
  • Histórico ou suspeita de tumor maligno estrógeno-dependente (por ex., câncer endometrial);
  • Hemorragia vaginal de causa desconhecida;
  • Hiperplasia endometrial não tratada;
  • Antecedente ou quadro de tromboembolismo venoso (trombose venosa profunda, embolia pulmonar);
  • Distúrbios trombofílicos diagnosticados (por ex., deficiência de Proteína C, Proteína S, ou antitrombina);
  • Doença tromboembólica arterial ativa ou recente (por ex., anginainfarto do miocárdio);
  • Doença hepática aguda ou histórico de doença hepática na qual a função hepática não tenha retornado à normalidade;
  • Porfiria.

Este medicamento é contraindicado para uso por homens.

Como usar o Promestrieno

Aplicação Intravaginal

A aplicação intravaginal do creme deve ser realizada na posição deitada, introduzindo-se profundamente o aplicador no canal vaginal de forma delicada e, em seguida, empurrando suavemente o êmbolo, até esvaziar completamente o aplicador.

Aplicação Externa

Cobrir a área afetada com o creme e, em seguida, realizar ligeira massagem local.

Ainda que raramente necessário, a utilização de absorvente higiênico pode ser aconselhável, sobretudo se existir corrimento associado.

Posologia

Aplicação Intravaginal

Aplicar o conteúdo de 1 (um) aplicador vaginal preenchido até a trava, o que equivale a 1 g de creme, uma vez ao dia durante ao menos 20 (vinte) dias consecutivos.

Aplicação Externa

Aplicar quantidade suficiente do creme para cobrir a área afetada, uma a duas vezes ao dia, durante ao menos 20 (vinte) dias consecutivos. A aplicação deve ser seguida de ligeira massagem, a fim de garantir melhor absorção local do creme.

Pode ser necessário tratamento de manutenção.

Reações Adversas do Promestrieno

Como todos os medicamentos, promestrieno pode causar efeitos indesejáveis, embora nem todos os apresentem.

A ação de promestrieno é limitada ao local de aplicação (órgãos genitais primários externos), não exercendo, assim, ação ou efeitos adversos de ordem sistêmica.

Apresenta boa tolerabilidade local, registrando-se muito raramente os seguintes eventos transitórios: reações alérgicas, prurido vulvovaginal e irritação vaginal.

As reações adversas listadas abaixo são classificadas de acordo com a Classe de Sistema Orgânico, e estão classificadas pela frequência segundo as seguintes convenções:

  • Muito comum (> 1/10);
  • Comum (> 1/100, ≤ 1/10);
  • Incomum (> 1/1.000, ≤ 1/100);
  • Rara (> 1/10.000, ≤ 1/1.000);
  • Muito rara (≤ 1/10.000);
  • Desconhecida (frequência não pôde ser estimada com base dos dados disponíveis).
Classe de Sistema Orgnânico Reação Adversa Frequência
Distúrbios do Sistema Imunológico Alergia Muito rara
Distúrbios da Pele e Tecido Subcutâneo Prurido Vulvovaginal Muito rara
Distúrbios Gerais e Condições no Local de Administração Irritação Vaginal Muito rara

Outras reações adversas foram relatadas durante tratamento com estrógeno. A estimativa de risco foi realizada com base na exposição sistêmica, e é desconhecido como esta pode ser extrapolada para o tratamento tópico: 

  • Neoplasmas estrógeno-dependentes benignos e malignos, tal como câncer endometrial e câncer de mama;
  • Tromboembolismo venoso, tal como trombose venosa profunda e embolia pulmonar, é mais frequente em indivíduos em terapia de reposição hormonal. Para informações adicionais vide itens “Contraindicações” e “Precauções”;
  • Infarto do miocárdio e acidente vascular encefálico;
  • Doença da vesícula biliar; 
  • Distúrbios da pele e tecido subcutâneo: cloasma, eritema multiforme, eritema nodoso, púrpura vascular;
  • Demência provável em pacientes com idade superior a 65 anos.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária - NOTIVISA ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Interação Medicamentosa do Promestrieno

Não é aconselhável o uso de promestrieno em associação com espermicidas locais, pois todo tratamento tópico vaginal apresenta a possibilidade de inativar a ação espermicida.

Não existem dados adicionais sobre a interação de promestrieno com outros medicamentos, plantas medicinais e exames laboratoriais e não laboratoriais.

Precauções do Promestrieno

O promestrieno é indicado exclusivamente para administração tópica vaginal.

A terapia estrogênica local para tratamento de sintomas da menopausa somente deve ser iniciada para tratamento dos sintomas que afetam a qualidade de vida da paciente. Em todos os casos, avaliação cuidadosa dos riscos e benefícios deve ser realizada, ao menos anualmente, e a terapia somente deve ser continuada enquanto os benefícios superarem os riscos do tratamento.

Avaliação médica e acompanhamento

Antes de iniciar a terapia estrogênica local, deve ser realizada avaliação do histórico médico e familiar completo da paciente. Exame físico (incluindo da pélvis e mama) deve ser direcionado de acordo com tais históricos, assim como as contraindicações e advertências de uso. Durante o tratamento, é recomendado acompanhamento da paciente, sendo a frequência e natureza do acompanhamento adaptadas individualmente para cada paciente.

As pacientes devem ser informadas sobre quais alterações nos exames de mama devem ser informadas ao médico ou enfermeiro. Exames investigativos, incluindo exames de imagem apropriados (por ex., mamografia), devem ser realizados de acordo com as práticas clínicas e modificados de acordo com as necessidades clínicas individuais de cada paciente.

Condições que requerem acompanhamento médico

Caso alguma das seguintes condições esteja presente, tenha ocorrido previamente e/ou tenha sido agravada durante a gravidez ou tratamento hormonal anterior, a paciente deve ser rigorosamente acompanhada. Deve-se levar em consideração que estas condições podem ocorrer novamente ou ser agravadas durante o tratamento com promestrieno, em particular:

  • Leiomioma (fibroides uterinos) ou endometriose;
  •  Fatores de risco para distúrbios tromboembólicos;
  • Fatores de risco para tumores malignos estrógeno-dependentes, tal como hereditariedade de 1° grau para câncer de mama;
  • Hipertensão;
  • Distúrbios hepáticos, tal como adenoma hepático;
  • Diabetes mellitus com ou sem envolvimento vascular;
  •  Colelitíase;
  • Enxaqueca ou cefaleia severa;
  •  Lúpus eritematoso sistêmico;
  • Histórico de hiperplasia endometrial;
  • Epilepsia;
  • Asma;
  • Otosclerose.

A absorção sistêmica do promestrieno após aplicação tópica vaginal é mínima. Portanto, o ressurgimento ou agravamento das condições acima listadas durante o tratamento com promestrieno é menos provável do que durante o tratamento com estrógenos sistêmicos.

Condições para descontinuação imediata do tratamento

O tratamento com promestrieno deve ser descontinuado caso seja descoberta alguma contraindicação e nas seguintes situações:

  • Icterícia ou deterioração da função hepática;
  • Aumento significativo da pressão sanguínea;
  • Novo início de cefaleia do tipo enxaqueca;
  • Gravidez.

O promestrieno é indicado exclusivamente para administração tópica vaginal, sendo a absorção sistêmica mínima neste caso.

Portanto, a ocorrência das condições listadas abaixo é menos provável durante o tratamento com promestrieno do que durante o tratamento com estrógenos sistêmicos.

Hiperplasia endometrial e carcinoma

O risco de hiperplasia endometrial e carcinoma no tratamento oral com estrógeno é dependente da duração do tratamento e da dose do estrógeno. Não foi associado risco aumentado de hiperplasia endometrial e câncer uterino no tratamento com promestrieno tópico vaginal. No entanto, caso tratamento contínuo seja necessário, são recomendadas avaliações periódicas, em especial no caso de quaisquer sintomas indicativos de hiperplasia ou malignidade endometrial.

Caso ocorra sangramento intermitente ou sangramento de escape, a qualquer momento do tratamento com promestrieno, a causa deve ser investigada, podendo ser necessária biópsia endometrial para exclusão de malignidade endometrial.

Recomenda-se que a paciente consulte o seu médico caso apresente sangramento intermitente ou sangramento de escape durante o tratamento com promestrieno.

Estimulação estrogênica sem oposição pode levar à transformação pré-maligna ou maligna em foco residual de endometriose. Por este motivo, recomenda-se o acompanhamento rigoroso de pacientes que sofreram histerectomia devido à endometriose, caso apresentem endometriose residual.

Câncer de mama, de ovário e de útero

O tratamento com estrógeno sistêmico pode aumentar o risco de certos tipos de câncer, em particular de mama, de ovário e de útero. Não se espera que o promestrieno aumente o risco de câncer, considerando a mínima absorção sistêmica após administração tópica vaginal.

Tromboembolismo venoso, acidente vascular encefálico e doença arterial coronariana

A terapia de reposição hormonal com efeito sistêmico está associada a risco aumentado de tromboembolismo venoso, acidente vascular encefálico e doença arterial coronariana. Não se espera que o promestrieno aumente o risco de tais eventos, considerando a mínima absorção sistêmica após administração tópica vaginal.

Fatores de risco geralmente associados com tromboembolismo venoso incluem o uso de estrógenos, idade avançada, cirurgia de grande porte, imobilização prolongada, obesidade (IMC > 30 kg/m2), gravidez / período pós-parto, lúpus eritematoso sistêmico e câncer. Não existe consenso sobre o possível papel de veias varicosas no tromboembolismo venoso.

Outras condições

Estrógenos de ação sistêmica podem causar retenção de líquidos ou grande elevação de triglicérides plasmáticos, que podem levar à pancreatite. Por este motivo, pacientes com disfunção cardíaca, renal ou hipertrigliceridemia devem ser cuidadosamente observadas durante as primeiras semanas de tratamento. Não se espera que o promestrieno cause efeitos sistêmicos, considerando a mínima absorção sistêmica após administração tópica vaginal.

Estrógenos de ação sistêmica aumentam a globulina ligadora de tiroxina (TBG), levando à elevação do hormônio tireoide circulante total, conforme medido por iodo ligado à proteína (PBI), níveis de T4 (por coluna ou radioimunoensaio) ou níveis de T3 (por radioimunoensaio). A recaptura de T3 é diminuída, refletindo o TBG elevado. As concentrações de T4 e T3 permanecem inalteradas. Outras proteínas ligadoras podem estar elevadas no plasma, tais como globulina ligadora de corticoide (CBG), globulina ligadora de hormônio sexual (SHBG), levando à elevação dos corticosteroides circulantes e esteroides sexuais, respectivamente. As concentrações de hormônios biológicos ou livres permanecem inalteradas. Outras proteínas plasmáticas podem aparecer elevadas (substrato angiotensinogênio/renina, alfa-I-antitripsina, ceruloplasmina). Não se espera que o promestrieno afete os níveis de proteínas plasmáticas, considerando a mínima absorção sistêmica após administração tópica vaginal.

O promestrieno contém os excipientes metilparabeno e propilparabeno que podem causar reações alérgicas, algumas vezes tardias.

Populações Especiais

O promestrieno é destinado para uso por mulheres adultas. Não existem restrições ou cuidados específicos para o uso por pacientes idosas.

Gravidez

O uso de promestrieno não é indicado durante a gravidez.

O tratamento deve ser interrompido imediatamente caso a paciente fique grávida.

Categoria B de risco na gravidez.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Os resultados da maioria dos estudos epidemiológicos disponíveis até o momento, relacionados à exposição fetal inadvertida a estrógenos, não indicam efeitos teratogênicos ou fetotóxicos.

Lactação

O promestrieno é contraindicado para mulheres que estejam amamentando.

Efeitos sobre a capacidade de dirigir e operar máquinas

Não foram observados efeitos sobre a capacidade de dirigir e operar máquinas

Ação do Promestrieno

Resultados de eficácia

Uma avaliação comparativa de promestrieno com estrógenos conjugados em mulheres pós-menopausa com distúrbios distróficos decorrentes da deficiência de estrogênio, incluiu 80 mulheres em dois grupos:

  1. 60 pacientes, com idade entre 48 e 76 anos, foram tratadas com creme vaginal contendo 10 mg de promestrieno por aplicação;
  2. 20 pacientes, com idade entre 47 e 79 anos, foram tratadas com creme vaginal contendo 0,625 mg de estrógenos conjugados por aplicação.

Os cremes foram aplicados duas vezes ao dia durante 14 dias.

Os índices de eficácia do creme vaginal contendo promestrieno foram:

  • - Percentual de redução de prurido e troficidade vulvar após 14 dias de uso = 79,5%;
  • - Percentual de redução de secura, prurido e troficidade após 14 dias de uso = 80,9%;
  • - Percentual de melhora aparência do cérvix após 14 dias de uso = 74,6%.

Cinquenta mulheres, com idade entre 15 e 35 anos, submetidas à episiotomia receberam tratamento com promestrieno após o parto. A posologia prescrita foi de aplicação duas vezes ao dia durante 10 dias. 

Foram avaliados os seguintes parâmetros: Qualidade da cicatriz da episiotomia, e os sinais funcionais mencionados pelas pacientes. Os autores concluíram que promestrieno creme vaginal aplicado na episiotomia é útil como adjuvante terapêutico.

A cicatrização não foi dolorosa e levou cerca de 10 dias em 72% dos casos. A tolerância foi satisfatória em 96% dos casos. A intolerância local ao produto foi observada em 4% dos casos.

Características farmacológicas

Grupo Farmacoterapêutico: Estrógenos.

Código ATC: G03CA09.

Propriedades Farmacodinâmicas e Farmacocinéticas

O promestrieno é indicado exclusivamente para uso tópico vaginal. O promestrieno, princípio ativo de promestrieno, exerce efeitos estrogênicos locais, restaurando a troficidade das mucosas do trato genital feminino inferior.

O tempo médio estimado para início da ação terapêutica de promestrieno é de cerca de 7 dias.

O promestrieno possui meia-vida biológica inferior a 24 horas e seus efeitos não são cumulativos. Após a aplicação tópica vaginal, a absorção sistêmica é limitada e sua biodisponibilidade é menor do que 1%.

Portanto, a aplicação tópica vaginal não pode ser relacionada a efeito estrogênico à distância, notadamente no útero, nas mamas e/ou na hipófise.

Administrado por via oral, em animais, o promestrieno sofre rápida metabolização com liberação de dois monoésteres (posição 3 e 17-b), os quais são eliminados na sua forma inalterada ou, em parte, transformados em estradiol.

Dados de Segurança Pré-Clínica

Os estudos de toxicologia animal de promestrieno não demonstraram outros eventos adversos além dos já conhecidos em humanos.

Os estudos de toxicidade de doses múltiplas e de embriotoxicidade / teratogenicidade, com administração de promestrieno por via oral ou subcutânea, não revelaram outros efeitos além dos já conhecidos dos estrogênios.

Resultados dos testes de Ames e de micronúcleo demonstraram que o promestrieno não é genotóxico. O promestrieno foi bem tolerado em ratos, macacos e coelhos após administração tópica vaginal.



Assine nossa newsletter e receba as melhores promoções e ofertas de sua região




SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO OU DE SEU MÉDICO. LEIA A BULA.



Todas as informações contidas nesse site tem a intenção de informar e educar, não pretendendo de forma alguma substituir as informações e orientações do profissional da saúde ou servir como recomendação para algum tratamento, não administre qualquer tipo de medicamento sem consultar o seu médico ou farmacêutico.