onglyza


RESULTADOS: 4

  •     FARMA DELIVERY
  •      ONGLYZA
  •      Apresentação: 5,0 MG COM REV CT BL AL/AL X 28
  •      Princípio Ativo: SAXAGLIPTINA...
  •      Fabricante: BRISTOL-MYERS SQUIBB FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7896016807251
     
    PMC: 116.95
  •      R$ 90.68
     
  •     DROGARIA PRIMUS
  •      ONGLYZA
  •      Apresentação: 5,0 MG COM REV CT BL AL/AL X 28
  •      Princípio Ativo: SAXAGLIPTINA...
  •      Fabricante: BRISTOL-MYERS SQUIBB FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7896016807251
     
    PMC: 116.95
  •      R$ 100.15
     
  •     DROGARIA FALCÃO
  •      ONGLYZA
  •      Apresentação: 5,0 MG COM REV CT BL AL/AL X 28
  •      Princípio Ativo: SAXAGLIPTINA...
  •      Fabricante: BRISTOL-MYERS SQUIBB FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7896016807251
     
    PMC: 116.95
  •      R$ 107.59
     
  •     AGILLE MEDICAMENTOS
  •      ONGLYZA
  •      Apresentação: 5,0 MG COM REV CT BL AL/AL X 28
  •      Princípio Ativo: SAXAGLIPTINA...
  •      Fabricante: BRISTOL-MYERS SQUIBB FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7896016807251
     
    PMC: 116.95
  •      R$ 112.61
     



 INFORMAÇÕES DO MEDICAMENTO


SAXAGLIPTINA


Para que serve o Saxagliptina

Monoterapia:

Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) é indicado como adjuvante à dieta e à prática de exercícios para melhorar o controle glicêmico em pacientes com diabetes mellitus tipo 2.

Terapia combinada:

Combinação em adição:

Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) é indicado em pacientes com diabetes mellitus tipo 2 para melhorar o controle glicêmico em combinação com metformina, uma tiazolinediona, uma sulfonilureia, ou insulina (com ou sem metformina) quando estes agentes isoladamente, com dieta e exercício, não proporcionarem controle glicêmico adequado.

Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) é indicado em pacientes com diabetes mellitus tipo 2 para melhorar o controle glicêmico em combinação tripla com metformina mais uma sulfonilureia quando estes dois agentes, com dieta e exercício, não proporcionarem controle glicêmico adequado.

Combinação inicial:

Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) é indicado para uso em terapia combinada inicial com metformina, como um adjuvante à dieta e exercício, para melhorar o controle glicêmico em pacientes com diabetes mellitus tipo 2, quando a terapia dupla de saxagliptina e metformina for apropriada.

Importantes limitações de uso

Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) não deve ser utilizado para o tratamento de pacientes com diabetes tipo 1 ou para o tratamento da cetoacidose diabética (complicação mais grave, em que há aumento no nível de cetonas circulantes no sangue ou urina e diminuição do pH do sangue) pois pode não ser eficaz nesses casos.

Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) não foi estudado em pacientes com um histórico de pancreatite(inflamação do pâncreas). Não é conhecido se pacientes com um histórico de pancreatite, apresentam maior risco para o desenvolvimento de pancreatite enquanto utilizam Saxagliptina (substância ativa deste medicamento).

Contraindicação do Saxagliptina

Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) é contraindicado para pacientes com reações alérgicas a qualquer um dos seus componentes.

Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) é contraindicado em pacientes com histórico de hipersensibilidade grave, como anafilaxia ou angioedema, a qualquer inibidor da enzima DPP-4.

Como usar o Saxagliptina

Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) deve ser administrado por via oral com ou sem alimentos.

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

Posologia

Monoterapia e terapia combinada

A dose recomendada de Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) é de 2,5 mg ou 5 mg, uma vez ao dia, como monoterapia ou em terapia combinada.

Insuficiência renal

Para pacientes com insuficiência renal leve (clearance de creatinina >50 mL/min) não é necessário ajuste da dose de Saxagliptina (substância ativa deste medicamento).

Para pacientes com insuficiência moderada ou grave nos rins ou com insuficiência renal em estágio terminal e que realizam hemodiálise (clearance de creatinina ≤50 mL/min) a dose de Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) é 2,5 mg, uma vez ao dia. Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) deve ser administrado logo após a hemodiálise.

Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) não foi estudado em pacientes submetidos à diálise peritoneal.

Como a dose é limitada a 2,5 mg baseada na função renal, recomenda-se que seja realizada avaliação de função renal antes do início do tratamento com Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) e depois, periodicamente. O clearance de creatinina (depuração da creatinina) pode ser estimado a partir da creatinina sérica (no sangue) utilizando-se a fórmula de Cockcroft-Gault ou a fórmula de modificação da dieta na doença renal (MDRD).

Fortes inibidores da enzima CYP3A4/5

A dose recomendada de Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) é de 2,5 mg em dose única diária quando coadministrada com fortes inibidores do citocromo P450 3A4/5 (CYP3A4/5) (por exemplo, cetoconazol, atazanavir, claritromicina, indinavir, itraconazol, nefazodona, nelfinavir, ritonavir, saquinavir e telitromicina).

Insuficiência hepática

Não é necessário ajuste de dose de Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) para pacientes com insuficiência hepática leve, moderada ou grave.

Pacientes pediátricos

Não foram conduzidos estudos de eficácia e segurança com Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) em pacientes pediátricos.

Pacientes geriátricos

Não é necessário ajuste da dose de Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) com base na idade. Pacientes idosos, normalmente, apresentam diminuição na função dos rins, portanto deve-se ter cuidado na seleção da dose em pacientes idosos, com base na função dos rins.

Para segurança e eficácia desta apresentação, Saxagliptina (substância ativa deste medicamento) não deve ser administrado por vias não recomendadas. A administração deve ser somente pela via oral.

Conduta necessária caso haja esquecimento de administração

Caso o paciente esqueça de tomar uma dose, ele deverá tomá-la assim que possível, no entanto, se estiver próximo do horário da dose seguinte o paciente deverá esperar por este horário, respeitando sempre o intervalo determinado pela posologia.

Nunca devem ser administradas duas doses ao mesmo tempo.

 

 



Assine nossa newsletter e receba as melhores promoções e ofertas de sua região




SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO OU DE SEU MÉDICO. LEIA A BULA.



Todas as informações contidas nesse site tem a intenção de informar e educar, não pretendendo de forma alguma substituir as informações e orientações do profissional da saúde ou servir como recomendação para algum tratamento, não administre qualquer tipo de medicamento sem consultar o seu médico ou farmacêutico.