naxogin


RESULTADOS: 0

Não foram encontrados resultados.



 INFORMAÇÕES DO MEDICAMENTO


NIMORAZOL


Para que serve o Nimorazol

Nimorazol (substância ativa) comprimidos está indicado no tratamento das infecções causadas por microrganismos sensíveis ao nimorazol, como Trichomonas vaginalis e Giardia lamblia.

Contraindicação do Nimorazol

Nimorazol (substância ativa) é contra-indicado nas seguintes situações:

Hipersensibilidade ao nimorazol, a outros derivados nitroimidazólicos ou a qualquer componente da fórmula, doenças orgânicas ativas do sistema nervoso central, incluindo epilepsia, discrasias sanguíneas e função hepática prejudicada.

Como usar o Nimorazol

É recomendável administrar Nimorazol (substância ativa) junto com as refeições para evitar qualquer eventual desconforto gástrico. Caso uma dose de Nimorazol (substância ativa) seja esquecida, administrá-la tão logo quanto possível, porém se estiver próximo do horário da dose seguinte, voltar a seguir o horário normal de tomadas. Não administrar duas doses juntas.

Tricomoníase urogenital: na mulher e no homem dose única de 2 g (isto é, 4 comprimidos de uma só vez) ou dose fracionada de 2 comprimidos à noite e, no dia seguinte, 2 pela manhã e 2 à noite.

O tratamento simultâneo da mulher e do homem previne o aparecimento de reinfestações e promove melhores índices de cura. Os comprimidos devem ser tomados, de preferência, após as refeições.

Giardíase:

1 comprimido de 500 mg, duas vezes ao dia, durante 2 dias.

O mesmo resultado terapêutico pode ser obtido em apenas 24 horas com 2 comprimidos de 500 mg, duas vezes ao dia.

Uso em Pacientes Idosos:

Aos pacientes idosos aplicam-se todas as recomendações anteriormente descritas.

Dose Omitida:

Caso o paciente esqueça de tomar Nimorazol (substância ativa) no horário estabelecido, deve tomá-lo assim que lembrar.

Entretanto, se já estiver perto do horário de tomar a próxima dose, deve desconsiderar a dose esquecida e tomar a próxima. Neste caso, o paciente não deve tomar a dose duplicada para compensar doses esquecidas. O esquecimento de dose pode comprometer a eficácia do tratamento.

Reações Adversas do Nimorazol

Náusea, vômito, gosto metálico na boca, anorexia e diarreia, prurido, boca seca, cefaleia, vertigens, irritabilidade, coloração escura na urina. Podem ocorrer, mais raramente, reações anafiláticas, depressãoinsônia.

Foram relatados casos de neuropatia sensorial periférica, com o uso de altas doses e/ou por tempo prolongado de tratamento com nimorazol, regredindo após a diminuição da posologia ou a suspensão do tratamento.

Leucopenia, reversível com a suspensão do tratamento.

Em casos de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária - NOTIVISA, disponível em http://www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Interação Medicamentosa do Nimorazol

O Nimorazol (substância ativa) potencializa a ação de anticoagulantes (cumarina ou varfarina). Essa interação possível deve ser considerada quando da administração de Nimorazol (substância ativa) (substância ativa) a pacientes sob terapia anticoagulante.

Fármacos que ativam ou diminuem a atividade do sistema enzimático microssomal hepático interferem no nível plasmático de Nimorazol (substância ativa).

Sob tratamento com Nimorazol (substância ativa) e pelo menos um dia após o término deste, bebidas alcoólicas ou qualquer preparação contendo álcool não devem ser consumidas. Náusea, vômito, cefaleia, além de outros sinais, podem ocorrer.

Nimorazol (substância ativa) não deve ser associado ao dissulfiram.

Precauções do Nimorazol

Gerais

Evitar o consumo de álcool e preparações farmacêuticas que o contenham durante o tratamento com Nimorazol (substância ativa) e no mínimo 1 dia após descontinuação da medicação.

Na prevenção de reinfecção da tricomoníase, proceder a tratamento concomitante com a do parceiro sexual.

No caso de aparecimento de sinais neurológicos anormais, o medicamento deve ser suspenso.

Nimorazol (substância ativa) contém o corante amarelo de Tartrazina, que pode causar reações de natureza alérgica, entre as quais asma brônquica, especialmente em pessoas alérgicas ao ácido acetilsalicílico.

Uso durante a Gravidez

Nimorazol (substância ativa) não é recomendado nos três primeiros meses da gestação.

Uso durante a Lactação

Nimorazol (substância ativa) não é recomendado durante a amamentação.

Efeitos na Habilidade de Dirigir e Operar Máquinas

É pouco comum, mas algumas pessoas podem ter tonturas com Nimorazol (substância ativa), portanto, antes de dirigir veículos ou operar máquinas, é importante certificar que a atenção do paciente não está prejudicada.

Ação do Nimorazol

Resultados de Eficácia

Nimorazol (substância ativa) apresenta elevado índice de eficácia no tratamento da tricomoníase.

Estudos comparativos com placebo e outros agentes antiparasitários mostraram que Nimorazol (substância ativa) apresenta eficácia no tratamento da giardíase.

Características Farmacológicas

Nimorazol (substância ativa) é um medicamento a base de nimorazol, um derivado 5-nitroimidazol (4-[2-(5-Nitroimidazol-lil) etil]morfolina, um quimioterápico com ação efetiva antiprotozoário, principalmente contra Trichomonas vaginalis e Giardia lamblia. É rapidamente absorvido no trato gastrintestinal, sendo que os picos de concentração plasmática são alcançados 2 horas após administração do medicamento.



Assine nossa newsletter e receba as melhores promoções e ofertas de sua região




SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO OU DE SEU MÉDICO. LEIA A BULA.



Todas as informações contidas nesse site tem a intenção de informar e educar, não pretendendo de forma alguma substituir as informações e orientações do profissional da saúde ou servir como recomendação para algum tratamento, não administre qualquer tipo de medicamento sem consultar o seu médico ou farmacêutico.