glyvenol


RESULTADOS: 2

  •     DROGARIA FALCÃO
  •      PROCTO-GLYVENOL
  •      Apresentação: 50 MG/G + 20 MG/G CREM CT BG AL X 30 G + 10 APLIC
  •      Princípio Ativo: TRIBENOSÍDEO;CLORIDRATO DE LIDOCAÍNA...
  •      Fabricante: NOVARTIS BIOCIENCIAS S.A
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7896261009226
     
    PMC: 23.98
  •      R$ 22.06
     
  •     AGILLE MEDICAMENTOS
  •      PROCTO-GLYVENOL
  •      Apresentação: 50 MG/G + 20 MG/G CREM CT BG AL X 30 G + 10 APLIC
  •      Princípio Ativo: TRIBENOSÍDEO;CLORIDRATO DE LIDOCAÍNA...
  •      Fabricante: NOVARTIS BIOCIENCIAS S.A
  •      Categoria: Referência
  •      EAN:  7896261009226
     
    PMC: 23.98
  •      R$ 22.78
     



 INFORMAÇÕES DO MEDICAMENTO


TRIBENOSÍDEO;CLORIDRATO DE LIDOCAÍNA


Para que serve o Tribenosídeo + Cloridrato de Lidocaína

Redução dos sintomas locais de hemorróidas internas e externas.

Contraindicação do Tribenosídeo + Cloridrato de Lidocaína

Hipersensibilidade as substâncias ativas ou a qualquer componente da formulação.

Como usar o Tribenosídeo + Cloridrato de Lidocaína

Aplicar o conteúdo de 1 aplicador, por via retal, pela manhã e à noite, até que os sintomas agudos tenham diminuído; a seguir, a dose pode ser reduzida para uma aplicação ao dia.

Não há dados clínicos de uso em crianças de tribenosídeo e lidocaína em creme.

Interação Medicamentosa do Tribenosídeo + Cloridrato de Lidocaína

Não foram realizados estudos de interações medicamentosas.

Precauções do Tribenosídeo + Cloridrato de Lidocaína

Além do tratamento com Lidocaína + Tribenosídeo (substância ativa), recomenda-se a higiene cuidadosa da região anal, evitar que o paciente permaneça sentado por períodos prolongados e orientá-lo a adotar uma alimentação que evite o ressecamento das fezes.

Populações especiais

Pacientes com distúrbios hepáticos

Lidocaína + Tribenosídeo (substancia ativa) deve ser usado com precaução em pacientes que sofram de doenças hepáticas graves.

Crianças

Não há experiência clínica do uso de tribenosídeo e lidocaína creme em crianças.

Excipientes

Lidocaína + Tribenosídeo (sustância ativa) contem álcool cetílico que pode causar reações na pele (por exemplo: dermatite de contato). Possui também parabenos (metil e propilparabeno) que podem causar reações alérgicas (possivelmente retardadas).

Contato com os olhos deve ser evitado.

Este produto não deve ser engolido.

Efeitos sobre a habilidade de dirigir veículos e/ou operar máquinas

Lidocaína + Tribenosídeo não interfere na habilidade de dirigir ou operar máquinas.

Fertilidade, Gravidez e lactação

Não há estudos controlados dos efeitos potenciais de tribenosídeo e lidocaína durante a gravidez e a lactação. Como precaução, Lidocaína + Tribenosídeo não deve ser utilizado nos 3 primeiros meses de gravidez.

Lidocaína + Tribenosídeo pode ser utilizado a partir do 4° mês de gestação e durante a lactação. Entretanto a dose recomendada não deve ser excedida.

Estudos em animais indicam que a lidocaína não tem efeitos sobre a fertilidade. Nenhum dado está disponível de efeitos potenciais do tribenosídeo na fertilidade.

Ação do Tribenosídeo + Cloridrato de Lidocaína

Resultados da eficácia

Estudo pré-clínico

Tribenosídeo:

Os estudos de toxicidade não-clínicos agudos e de dose repetida com tribenosídeo revelam que o produto é praticamente não-tóxico por administração oral. Estudos de toxicidade reprodutiva não estão disponíveis. Aplicação retal produz concentrações locais eficazes com absorção sistêmica mínima e, por conseguinte, não esperada da exposição e para produzir um perfil toxicológico diferente da via oral de tribenosídeo.

Lidocaína:

Em estudos com animais a toxicidade notada após a sobredosagem de lidocaína consistiu de efeitos sobre o sistemas nervoso central e cardiovascular. Efeitos adversos relacionados à droga não foram vistos em estudos de toxicidade reprodutiva, nem mostram um potencial de mutagenicidade quer in vitro ou em testes de mutagenicidade in vivo.

Características Farmacológicas

Grupo farmacoterapêutico: Antihemorroidários tópicos.

Código ATC: C05A D.

Produto contendo anestésico local.

Propriedades farmacodinâmicas

Mecanismo de ação

O tribenosídeo reduz a permeabilidade capilar e aumenta a tonicidade vascular.

Apresenta também propriedades anti-inflamatórias e exerce ação antagonista sobre várias substâncias endógenas que desempenham o papel de mediadores no desenvolvimento da inflamação e da dor.

A lidocaína é um anestésico local que alivia o prurido e a dor causados pelas hemorróidas.

Propriedades farmacocinéticas

Absorção

Entre 2% e 20% do tribenosídeo contido no creme são absorvidos pela pele.

A lidocaína é prontamente absorvida através das membranas mucosas e pouco absorvida através da pele intacta. Sua biodisponibilidade é de aproximadamente 50% após a administração retal.

Distribuição

Lidocaína se liga fortemente a α-1-glicoproteína ácida (Micromedex).

Biotransformação

Tribenosídeo é extensamente metabolizado no organismo. A lidocaína é metabolizada rapidamente no fígado.

Eliminação

Tribenosídeo:

20-27% da dose administrada em supositórios é excretado na urina na forma de metabólitos.

Lidocaína:

Seus metabólitos são excretados na urina (menos de 10% da lidocaína é excretada na forma
inalterada).



Assine nossa newsletter e receba as melhores promoções e ofertas de sua região




SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO OU DE SEU MÉDICO. LEIA A BULA.



Todas as informações contidas nesse site tem a intenção de informar e educar, não pretendendo de forma alguma substituir as informações e orientações do profissional da saúde ou servir como recomendação para algum tratamento, não administre qualquer tipo de medicamento sem consultar o seu médico ou farmacêutico.