diurisa


RESULTADOS: 0

Não foram encontrados resultados.



 INFORMAÇÕES DO MEDICAMENTO


FUROSEMIDA;CLORIDRATO DE AMILORIDA


Para que serve o Cloridrato de Amilorida + Furosemida

Edema de qualquer origem, circulatório, renal e hepático. Particularmente indicado nos edemas refratários aos tratamentos habituais e quando o uso prolongado de diurético é indicado.

Contraindicação do Cloridrato de Amilorida + Furosemida

Cloridrato de Amilorida + Furosemida (substância ativa) é contra indicado, no primeiro trimestre de gravidez, Insuficiência renal com anúria, Coma hepático, distúrbios graves do equilíbrio eletrolítico.

Como usar o Cloridrato de Amilorida + Furosemida

1 comprimido uma a três vezes ao dia. Dependendo do critério médico, a administração poderá ser feita em dias alternados.

Reações Adversas do Cloridrato de Amilorida + Furosemida

São Raríssimas as manifestações colaterais com uso de Cloridrato de Amilorida + Furosemida (substância ativa).

Náuseas, vômitos e distúrbios gastrintestinais podem ocorrer num pequeno número de pacientes. 

Nem toxidade renal ou hepática, nem discrasias sanguineas foram associadas ao uso de amilorida ou furosemida.

Interação Medicamentosa do Cloridrato de Amilorida + Furosemida

A Furosemida inibe a atividade dos anticoagulantes orais devendos os doentes em uso destes medicamentos efetuar provas de coagulação periódica.

A toxidade digitálica pode ser aumentada assim como pode precipitar o aparecimento de antúrias em pacientes portadores de isquemia cardíaca. A furosemida, em função de diminuir a resposta das artérias as aminas depressoras, deve ser descontinuada com uma semana de antecedência em pacientes que irão, subsmeter-se a uma cirurgia.

Em pacientes sob tratamento com lítio a administração de diuréticos somente será feita com cuidado porque pode reduzir a excreção de lítio, aumentando seus níveis séricos. A probenecida inibe a secreção da furosemida, em qualquer concentração plasmática.

A nefrotoxidade produzida pela cefalordina é acentuada pela furosemida e deve ser prudente ao usar qualquer cefalosporina juntamente com furosemida.

Precauções do Cloridrato de Amilorida + Furosemida

Em pacientes com função renal precária a administração de Cloridrato de Amilorida + Furosemida (substância ativa) deve ser feita sob controle, pois poderá haver elevação dos níveis plasmáticos de potássio.

Ação do Cloridrato de Amilorida + Furosemida

Características Farmacológicas

Modo de ação

Cloridrato de Amilorida + Furosemida (substância ativa) é uma associação de um diurético de grande potência natriurética e caliurética, furosemida, com outro de pequena ação natriurética e com capacidade de poupar potássio ao nível do túbulo distal, a amilorida, impedindo a troca de potássio e íons hidrogênio por sódio, a amilorida além de prevenir o aparecimento da hipocalemia, ainda corrige a alcalose metabólica, principalmente a que decorre da perda urinária de potássio provocada quer por hiperaldosteronismo, quer por uso de diuréticos com intensa ação natriurética.

A amilorida não tem efeito depressor sobre a filtração glomerular, o que permite seu emprego em indivíduos com função renal diminuída. Esta associação, pois aproxima-se da ideal.

A furosemida é derivada do ácido antranílico, cuja fórmula é:

E cloridrato de amilorida que é pirazinoilguanidina cuja fórmula é:



Assine nossa newsletter e receba as melhores promoções e ofertas de sua região




SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO OU DE SEU MÉDICO. LEIA A BULA.



Todas as informações contidas nesse site tem a intenção de informar e educar, não pretendendo de forma alguma substituir as informações e orientações do profissional da saúde ou servir como recomendação para algum tratamento, não administre qualquer tipo de medicamento sem consultar o seu médico ou farmacêutico.