colirio geolab


RESULTADOS: 2

  •     DROGARIA FALCÃO
  •      COLÍRIO GEOLAB
  •      Apresentação: 0,15 MG + 0,3 MG SOL OFT CT FR PLAS TRANS GOT X 20 ML
  •      Princípio Ativo: SULFATO DE ZINCO HEPTAIDRATADO...
  •      Fabricante: GEOLAB INDÚSTRIA FARMACÊUTICA S/A
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7899095220928
     
    PMC: 11.38
  •      R$ 5.99
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      COLÍRIO GEOLAB
  •      Apresentação: 0,15 MG + 0,3 MG SOL OFT CT FR PLAS TRANS GOT X 20 ML
  •      Princípio Ativo: SULFATO DE ZINCO HEPTAIDRATADO...
  •      Fabricante: GEOLAB INDÚSTRIA FARMACÊUTICA S/A
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7899095220928
     
    PMC: 11.38
  •      R$ 9.25
     



 INFORMAÇÕES DO MEDICAMENTO


SULFATO DE ZINCO HEPTAIDRATADO


Para que serve o Sulfato De Zinco + Associação

Sulfato De Zinco + Associação (substância ativa) é um medicamento a base de zinco, indicado como suplemento vitamínico em dietas restritivas e inadequadas para adultos. É utilizado na redução da duração e gravidade dos episódios de diarreia infantil.

A Organização Mundial de Saúde e a UNICEF recomendam a utilização de zinco como terapia em conjunto com a reidratação oral no caso de diarreia em crianças.

Contraindicação do Sulfato De Zinco + Associação

Sulfato De Zinco + Associação (substância ativa) não deve ser utilizado em pacientes que apresentem hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Atenção Fenilcetonúricos: contém fenilalanina.

Como usar o Sulfato De Zinco + Associação

Sulfato De Zinco + Associação (substância ativa) deve ser utilizado por via oral.

O zinco tem sua absorção prejudicada na presença de alimentos. Para tanto, deve- se administrar o produto no intervalo entre as refeições.

Uso Pediátrico

Lactentes até 06 meses de idade:

Ingerir, por via oral, 2,5ml (10 mg de zinco elementar) ao dia, preferencialmente próximo às refeições, durante 10 a 14 dias, ou conforme indicação médica.

Crianças e lactentes acima de 06 meses de idade:

Ingerir, por via oral, 5ml (20 mg de zinco elementar) ao dia, preferencialmente próximo às refeições, durante 10 a 14 dias, ou conforme indicação médica.

Uso Adulto

Ingerir, por via oral, 7,5ml (30 mg de zinco elementar) ao dia, preferencialmente próximo às refeições, ou conforme indicação médica.

Reações Adversas do Sulfato De Zinco + Associação

Não devem ser observadas reações adversas com o uso de Sulfato De Zinco + Associação (substância ativa) com a posologia recomendada.

A ingestão excessiva de zinco, pode causar náuseas, vômitos, dor epigástrica, diarreia, letargia e fadiga.

Em caso de eventos adversos, notifique ao Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOTIVISA, disponível em www.anvisa.gov.br/hotsite/notivisa/index.htm, ou para a Vigilância Sanitária Estadual ou Municipal.

Interação Medicamentosa do Sulfato De Zinco + Associação

O zinco pode prejudicar a absorção das tetraciclinas. A maioria dos fármacos quelantes pode diminuir os níveis plasmáticos do zinco, como etambutol, cloroquinas, dissulfiram e penicilamina. A clorotiazida e o glucagon levam ao aumento de zinco na urina.

Recomenda-se a administração dos antibióticos 2 horas antes, ou de 4 a 6 horas após a ingestão do suplemento contendo zinco.

Repetidas infusões de EDTA podem aumentar a excreção renal de zinco em 10 a 25 vezes e reduzir os níveis séricos em cerca de 40%. A absorção do zinco pode ser diminuída devido ao consumo concomitante com o ferro.

Precauções do Sulfato De Zinco + Associação

O maior risco da diarreia é a desidratação, pois, devido às constantes evacuações, o paciente perde quantidades significativas de líquidos e nutrientes importantes, como os sais minerais. Os sintomas de desidratação são: boca seca, olhos fundos, moleza, muita sonolência, pouca produção de urina, pele opaca, choro sem lágrimas e sede exagerada. Recomendações para prevenção da desidratação e para recuperação nutricional.

Além de Sulfato De Zinco + Associação (substância ativa) oferecer ao paciente pequenas quantidades de água, chá e sopas várias vezes ao longo do dia. Não deixar de comer. Tal medida, além de agravar o quadro de desidratação, suspende o fornecimento dos nutrientes necessários para o funcionamento do organismo. Preferir ingerir arroz, caldos de carne magra, bananas, maçãs e torradas, pois estes alimentos dão mais consistência às fezes.

Evitar ingestão de álcool e de alimentos ricos em fibras como saladas e bagaço de frutas. Evitar alimentos muito temperados ou com alto teor de gordura até que as fezes voltem ao normal. Evitar consumir leite e derivados, se tiver intolerância à lactose. Consumir alimentos de procedência conhecida e tenha cuidado no armazenamento e no transporte. O leite materno, por suas características nutricionais e imunológicas, protege o bebê contra a diarreia. Portanto, continue amamentando seu bebê durante episódios diarreicos.

Se possível, diminuir o intervalo entre as mamadas. Interações com alimentos: O zinco tem sua absorção prejudicada na presença de alimentos. Para tanto, deve- se administrar o produto no intervalo entre as refeições.

O fitato e fibras formam complexos com o zinco que não são passíveis de absorção. As proteínas animais aumentam a absorção do zinco.

Não se recomenda o uso de café para a administração de medicamentos que contenham zinco, pois a absorção deste pode ser reduzida em 50% quando comparado à administração com água.

Idosos

Não há restrições específicas para o uso deSulfato De Zinco + Associação (substância ativa) em idosos e grupos especiais, desde que observadas as contraindicações e advertências comuns ao medicamento.

Gestantes e Lactantes

Necessidades nutricionais elevadas durante a gravidez e aleitamento predispõem as mulheres para o desenvolvimento de deficiência de zinco.

Não há restrições específicas para o uso de Sulfato De Zinco + Associação (substância ativa) para gestantes e lactantes, desde que observadas as contraindicações e advertências comuns ao medicamento e que seja através da orientação do médico ou cirurgiãodentista.

De acordo com a categoria de risco de fármacos destinados às mulheres grávidas, este medicamento apresenta categoria de risco C.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Atenção Fenilcetonúricos: contém fenilalanina.

Ação do Sulfato De Zinco + Associação

Resultados de Eficácia

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e o UNICEF recomendam a utilização de 20mg de zinco, por dia, para crianças acima de 06 meses e a suplementação de 10mg de zinco, por dia, para crianças abaixo e 06 meses, durante 10-14 dias, objetivando a redução na duração, gravidade, incidência dos episódios de diarreia e da mortalidade infantil nas crianças com doença diarreicas persistentes.

O zinco atua em várias funções fisiológicas e metabólicas, como no crescimento físico, imune, reprodutivo e no desenvolvimento neuro comportamental. Quando a oferta de zinco na dieta é insuficiente para suportar essas funções, alterações bioquímicas e sinais clínicos se desenvolvem, sendo necessária a suplementação com zinco.

Características Farmacológicas

O zinco está evolvido na atividade de mais de 300 enzimas, desempenhando processos fisiológicos importantes no organismo humano. A deficiência de zinco está associada com a desnutrição, comprometimento da função imune, má cicatrização, sintomas prolongados da diarreia. Ainda, o zinco é um cofator essencial para várias enzimas envolvidas no metabolismo intermediário e tem sido associado ao combate contra os radicais de óxido nítrico.

O aumento nos níveis de óxido nítrico são a base do dano oxidativo, que ocorre em algumas síndromes inflamatórias e diarreicas. O zinco é absorvido no intestino delgado e não pode ser armazenado no organismo. A principal via de eliminação de zinco é o trato gastrintestinal (50% da excreção) e é aumentada durante episódios de diarreia. A redução na concentração de zinco está relacionada com os episódios, duração e gravidade da diarreia.

Sulfato De Zinco + Associação (substância ativa) repõe o zinco perdido durante a diarreia. O efeito do zinco na diarreia deve se ao seu papel no transporte da água e eletrólitos, permeabilidade intestinal, renovador do epitélio intestinal, aumento da imunidade local restringindo o crescimento excessivo de bactérias e a liberação de patógenos. O início da ação é imediato



Assine nossa newsletter e receba as melhores promoções e ofertas de sua região




SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO OU DE SEU MÉDICO. LEIA A BULA.



Todas as informações contidas nesse site tem a intenção de informar e educar, não pretendendo de forma alguma substituir as informações e orientações do profissional da saúde ou servir como recomendação para algum tratamento, não administre qualquer tipo de medicamento sem consultar o seu médico ou farmacêutico.