bactrim iv


RESULTADOS: 0

Não foram encontrados resultados.



 INFORMAÇÕES DO MEDICAMENTO


TRIMETOPRIMA;SULFAMETOXAZOL


Para que serve o Sulfametoxazol + Trimetoprima

O sulfametoxazol + trimetoprima somente deve ser usado quando o benefício do tratamento superar qualquer risco possível; considerações devem ser feitas quanto ao agente bacteriano efetivo. Como a suscetibilidade da bactéria in vitro varia geograficamente e com o tempo, a situação local deve ser considerada quando se seleciona uma antibioticoterapia.

O sulfametoxazol + trimetoprima comprimidos é indicado para o tratamento das infecções causadas por microrganismos sensíveis à associação trimetoprima + sulfametoxazol, tais como:

Infecções do trato respiratório e otites:

Exacerbações agudas de quadros crônicos de bronquitesinusite, tratamento e profilaxia (primária e secundária) da pneumonia por Pnemocystis carinii em adultos e crianças. Otite média em crianças, quando há boas razões para se preferir essa combinação a um antibiótico simples.

Infecções do trato urinário e renais:

Cistites agudas e crônicas, pielonefrites, uretrites, prostatites e cancroides.

Infecções genitais:

Em homens e mulheres, inclusive uretrite gonocócica.

Infecções gastrointestinais: 

Incluindo febre tifoide e paratifoide, e tratamento dos portadores, cólera (como medida conjunta à reposição de líquidos e eletrólitos), diarreia dos viajantes causada pela Escherichia coli enterotoxicogênica, shiguellose (cepas sensíveis de Shigella flexneri e Shigella sonnei, quando o tratamento antibacteriano for indicado).

Infecções da pele e tecidos moles:

Piodermite, furúnculos, abscessos e feridas infectadas.

Outras infecções bacterianas causadas por uma grande variedade de microrganismos (tratamento possivelmente em combinação com outros antibióticos):

Osteomielite aguda e crônica, brucelose aguda, nocardiose, blastomicose sul-americana, actonomicetoma.

Contraindicação do Sulfametoxazol + Trimetoprima

O sulfametoxazol + trimetoprima está contraindicado nos casos de lesões graves do parênquima hepático e em pacientes com insuficiência renal grave quando não se pode determinar regularmente a concentração plasmática.

Da mesma forma, o sulfametoxazol + trimetoprima está contraindicado aos pacientes com história de hipersensibilidade à sulfonamida ou trimetoprima ou a qualquer um dos componentes da formulação.

O sulfametoxazol + trimetoprima não deve ser utilizado em combinação com dofetilida.

Este medicamento é contraindicado para uso por prematuros e recém-nascidos durante as primeiras seis semanas de vida.

Ação do Sulfametoxazol + Trimetoprima

Resultados de eficácia

O sulfametoxazol + trimetoprima mostra-se eficaz no tratamento de inúmeras infecções. Nas infecções respiratórias superiores e inferiores, em crianças e adultos, com eficáciao comparável à eritromicina e amoxicilina.

Na otite média aguda sua eficácia é similar à amoxicilina, cefaclor e ceftriaxona, e é opção nas infecções causadas por H. influenzae resistente à ampicilina ou em pacientes com hipersensibilidade à penicilina. Pode ser usado na profilaxia da otite média recorrente e otite média crônica. Na sinusite aguda, pode ser considerado agente de primeira linha.

No tratamento das pneumonias mostra eficácia similar ao cefadroxil, à penicilina G procaína e cefalexina e pode ser uma opção em casos leves a moderados; contudo, deve-se sempre considerar a resistência local. Também se mostra eficaz na bronquite crônica agudizada.

O sulfametoxazol + trimetoprima é considerado medicamento de escolha na profilaxia e no tratamento da pneumonia por P. carinii em adultos e crianças HIV positivo. Nesses pacientes, seu uso mostra-se também eficaz na profilaxia primária da toxoplasmose cerebral.

Nas infecções agudas, não complicadas, do trato urinário inferior, o sulfametoxazol + trimetoprima tem eficácia similar ao ofloxacino e ciprofloxacino no tratamento com duração de três dias, similar ao norfloxacino e nitrofurantoína em estudos que avaliaram o tratamento por sete dias e, similar ao ciprofloxacino, no tratamento por dez dias. Também é efetivo na profilaxia de infecções recorrentes do trato urinário. No tratamento da pielonefrite aguda não complicada, o sulfametoxazol + trimetoprima tem eficácia similar ao cefaclor e à ofloxacina e, quando usado em associação com gentamicina, apresenta menor resistência antimicrobiana significativa, quando comparada à associação ampicilina com gentamicina, além de oferecer menor custo.

Nas prostatites agudas e crônicas, mostra-se eficaz devido à sua alta concentração no tecido prostático.

O sulfametoxazol + trimetoprima demonstrou ser tão eficaz quanto à estreptomicina e, provavelmente, superior à tetraciclina no tratamento do cancroide. Na uretrite gonocócica e não gonocócica (por clamídias) é um tratamento alternativo. Verifica-se a eliminação do gonococo em dois dias de tratamento e da clamídia em cinco a dez dias de tratamento com o sulfametoxazol + trimetoprima.

O sulfametoxazol + trimetoprima é efetivo no tratamento das infecções gastrointestinais por SalmonellaShigella e E. coli enteropatogênica. Na diarreia dos viajantes, estudos mostram eficácia similar ao ciprofloxacino, com o tratamento de cinco dias. Em adultos, o sulfametoxazol + trimetoprima, por sete dias, mostrou-se tão eficaz quanto à amoxicilina/ácido clavulânico em infecções de pele e do subcutâneo.

 



Assine nossa newsletter e receba as melhores promoções e ofertas de sua região




SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO OU DE SEU MÉDICO. LEIA A BULA.



Todas as informações contidas nesse site tem a intenção de informar e educar, não pretendendo de forma alguma substituir as informações e orientações do profissional da saúde ou servir como recomendação para algum tratamento, não administre qualquer tipo de medicamento sem consultar o seu médico ou farmacêutico.