ansitec


RESULTADOS: 1

  •     FARMA DELIVERY
  •      ANSITEC
  •      Apresentação: 10 MG COM CT BL AL PLAS INC X 20
  •      Princípio Ativo: CLORIDRATO DE BUSPIRONA...
  •      Fabricante: LIBBS FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7896094200234
     
    PMC: 44.9
  •      R$ 48.36
     



 INFORMAÇÕES DO MEDICAMENTO


CLORIDRATO DE BUSPIRONA


Para que serve o Buspirona

Buspirona (substância ativa deste medicamento) é indicado no tratamento de distúrbios de ansiedade, como o transtorno de ansiedade generalizada e no alívio em curto prazo dos sintomas de ansiedade, acompanhados ou não de depressão. O diagnóstico de pacientes estudados em experiências clínicas controladas com a buspirona corresponde a distúrbios de ansiedade generalizada, conforme a classificação da Organização Mundial da Saúde (OMS), descritos a seguir:

Ansiedade persistente generalizada manifestada por sintomas de três das quatro categorias seguintes:

Tensão motora:

Instabilidade, agitação, nervosismo, tremores, tensão, mialgias, fatigabilidade, incapacidade para relaxar, contração muscular da pálpebra, testa enrugada, face extenuada, desassossego, sobressalto, diplopia.

Hiperatividade do sistema nervoso autônomo:

Sudorese, palpitações, taquicardia, frio, mãos frias e pegajosas, boca seca, tontura, delírio, parestesias (formigamento das mãos ou dos pés), distúrbios estomacais, acessos de calor ou frio, micção frequente, diarreia, desconforto epigástrico, nó na garganta, rubor, palidez, pulso e respiração muito rápidos em repouso.

Expectativa apreensiva:

Ansiedade, preocupação, medo, reflexão e pressentimento do infortúnio para si mesmo ou para outros.

Vigilância e vigília:

Estado de hiperalerta que resulta em distração, dificuldade de concentração, insônia, sensibilidade extrema, irritabilidade e impaciência.

Estado de ansiedade sendo contínuo durante pelo menos um mês:

Tensão e ansiedade comuns associadas com estresse da vida diária geralmente não requerem tratamento com agentes ansiolíticos. Como os estudos clínicos de buspirona têm sido geralmente limitados a seis meses, recomenda-se esse tempo como período limite para a terapia contínua. Nos pacientes em uso prolongado de buspirona, devem ser reavaliadas as necessidades do fármaco.

Contraindicação do Buspirona

Buspirona (substância ativa deste medicamento) é contraindicado em pacientes hipersensíveis ao cloridrato de buspirona ou a qualquer componente da formulação.

Este medicamento é contraindicado em pacientes:

  • Menores de 18 anos de idade;
  • Com epilepsia;
  • Com intoxicação aguda por álcool, hipnóticos, analgésicos ou drogas antipsicóticas;
  • Com insuficiência renal e hepática graves;
  • Com história de crises convulsivas.

Como usar o Buspirona

A dosagem inicial recomendada é de 15 mg diários (5 mg três vezes ao dia, de preferência nos intervalos das refeições).

Buspirona (substância ativa deste medicamento) deve ser administrado no mesmo horário todos os dias, com ou sem alimentos. A ingestão de Buspirona (substância ativa deste medicamento) junto com alimentos pode aumentar a biodisponibilidade do fármaco.

Para atingir resposta ótima terapêutica, a cada dois ou três dias a dosagem poderá ser aumentada em 5 mg por dia, se necessário. A dosagem máxima diária não deve exceder 60 mg. Para maior comodidade dos pacientes, Buspirona (substância ativa deste medicamento) 10 mg é apresentado em comprimidos sulcados que permitem, quando do reajuste posológico, reparti-los ao meio.

Uma resposta ótima terapêutica é obtida para a maioria dos pacientes, incluindo idosos, com pequenos aumentos na dose até uma dosagem diária de 20 a 30 mg divididas em duas ou três tomadas.

Quando administrada com um potente inibidor de CYP3A4, como itraconazol ou nefazodona, a dose inicial da buspirona deve ser reduzida e titulada com base na avaliação clínica. Suco de grapefruit aumenta a concentração plasmática da buspirona. Pacientes utilizando Buspirona (substância ativa deste medicamento) devem evitar o consumo de grandes quantidades de suco de grapefruit.

É recomendado que o tratamento seja prescrito por, no mínimo, três a quatro semanas. A dosagem deve ser reduzida na presença de comprometimento renal ou hepático.

Reações Adversas do Buspirona

Reações adversas da buspirona, se ocorrerem, normalmente são observadas no início do tratamento com o medicamento e, geralmente, desaparecem com o uso da medicação e/ou diminuição da dose.

 

 



Assine nossa newsletter e receba as melhores promoções e ofertas de sua região




SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO OU DE SEU MÉDICO. LEIA A BULA.



Todas as informações contidas nesse site tem a intenção de informar e educar, não pretendendo de forma alguma substituir as informações e orientações do profissional da saúde ou servir como recomendação para algum tratamento, não administre qualquer tipo de medicamento sem consultar o seu médico ou farmacêutico.