amato


RESULTADOS: 15

  •     AGILLE MEDICAMENTOS
  •      MEMORIOL B6 200
  •      Apresentação: 200MG + 250MG + 6MG + 20MG DRG CT 2 BL AL PLAS INC X 10
  •      Princípio Ativo: GLUTAMINA;GLUTAMATO DE CÁLCIO;FOSFATO DE DITETRAETILAMÔNIO;CLOR...
  •      Fabricante: LABORATÓRIOS BALDACCI LTDA
  •      Categoria: Outros
  •      EAN:  7897851250141
     
    PMC: 11.88
  •      R$ 11.30
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      VIDMAX
  •      Apresentação: 25 MG COM REV CT BL AL/AL X 60
  •      Princípio Ativo: TOPIRAMATO...
  •      Fabricante: ACHÉ LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS S.A
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7896658009631
     
    PMC: 99.9
  •      R$ 28.23
     
  •     FARMA 22
  •      PHARMATON KIDDI
  •      Apresentação: XPE CT FR VD AMB X 200 ML + CP MED 
  •      Princípio Ativo: ÁCIDO ASCÓRBICO;RIBOFLAVINA;PANTOTENATO DE CÁLCIO;NICOTINAMIDA...
  •      Fabricante: BOEHRINGER INGELHEIM DO BRASIL QUÍMICA E FARMACÊUTICA LTDA.
  •      Categoria: Outros
  •      EAN:  7896026302814
     
    PMC: 
  •      R$ 32.99
     
  •     AGILLE MEDICAMENTOS
  •      PHARMATON KIDDI
  •      Apresentação: XPE CT FR VD AMB X 200 ML + CP MED 
  •      Princípio Ativo: ÁCIDO ASCÓRBICO;RIBOFLAVINA;PANTOTENATO DE CÁLCIO;NICOTINAMIDA...
  •      Fabricante: BOEHRINGER INGELHEIM DO BRASIL QUÍMICA E FARMACÊUTICA LTDA.
  •      Categoria: Outros
  •      EAN:  7896026302814
     
    PMC: 
  •      R$ 35.87
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      AMATO
  •      Apresentação: 25 MG COM REV CT BL AL AL X 60
  •      Princípio Ativo: TOPIRAMATO...
  •      Fabricante: EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7891317443375
     
    PMC: 37.77
  •      R$ 38.81
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      PHARMATON KIDDI
  •      Apresentação: XPE CT FR VD AMB X 200 ML + CP MED 
  •      Princípio Ativo: ÁCIDO ASCÓRBICO;RIBOFLAVINA;PANTOTENATO DE CÁLCIO;NICOTINAMIDA...
  •      Fabricante: BOEHRINGER INGELHEIM DO BRASIL QUÍMICA E FARMACÊUTICA LTDA.
  •      Categoria: Outros
  •      EAN:  7896026302814
     
    PMC: 
  •      R$ 39.34
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      TOPIRAMATO
  •      Apresentação: 25 MG COM REV CT BL AL PLAS LEIT X 60
  •      Princípio Ativo: TOPIRAMATO...
  •      Fabricante: GERMED FARMACEUTICA LTDA
  •      Categoria: Genérico
  •      EAN:  7896004713038
     
    PMC: 86.73
  •      R$ 41.11
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      ÉGIDE
  •      Apresentação: 25 MG COM REV CT BL AL AL X 60
  •      Princípio Ativo: TOPIRAMATO...
  •      Fabricante: LIBBS FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7896094207493
     
    PMC: 55.08
  •      R$ 43.83
     
  •     DROGARIA FALCÃO
  •      TOPIRAMATO
  •      Apresentação: 25 MG COM REV CT BL AL/AL X 60
  •      Princípio Ativo: TOPIRAMATO...
  •      Fabricante: EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
  •      Categoria: Genérico
  •      EAN:  7891317434328
     
    PMC: 91.79
  •      R$ 59.87
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      AMATO
  •      Apresentação: 50 MG COM REV CT BL AL AL X 60
  •      Princípio Ativo: TOPIRAMATO...
  •      Fabricante: EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7891317443382
     
    PMC: 75.52
  •      R$ 60.63
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      TOPIRAMATO
  •      Apresentação: 50 MG COM REV CT BL AL PLAS LEIT X 60
  •      Princípio Ativo: TOPIRAMATO...
  •      Fabricante: GERMED FARMACEUTICA LTDA
  •      Categoria: Genérico
  •      EAN:  7896004713052
     
    PMC: 157.35
  •      R$ 62.73
     
  •     DROGARIA FALCÃO
  •      AMATO
  •      Apresentação: 50 MG COM REV CT BL AL AL X 60
  •      Princípio Ativo: TOPIRAMATO...
  •      Fabricante: EUROFARMA LABORATÓRIOS S.A.
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7891317443382
     
    PMC: 75.52
  •      R$ 69.48
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      ÉGIDE
  •      Apresentação: 50 MG COM REV CT BL AL AL X 60
  •      Princípio Ativo: TOPIRAMATO...
  •      Fabricante: LIBBS FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7896094207523
     
    PMC: 109.31
  •      R$ 89.27
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      ÉGIDE
  •      Apresentação: 100 MG COM REV CT BL AL AL X 60
  •      Princípio Ativo: TOPIRAMATO...
  •      Fabricante: LIBBS FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7896094207547
     
    PMC: 230.12
  •      R$ 196.22
     
  •     FARMA DELIVERY
  •      TOPAMAX
  •      Apresentação: 50 MG COM REV CT BL AL/AL X 60
  •      Princípio Ativo: TOPIRAMATO...
  •      Fabricante: JANSSEN-CILAG FARMACÊUTICA LTDA
  •      Categoria: Similar
  •      EAN:  7896212429653
     
    PMC: 288.79
  •      R$ 287.40
     



 INFORMAÇÕES DO MEDICAMENTO


TOPIRAMATO


Para que serve o Topiramato

O topiramato é indicado em monoterapia tanto em pacientes com epilepsia recentemente diagnosticada como em pacientes que recebiam terapia adjuvante e serão convertidos à monoterapia.

O topiramato é indicado, para adultos e crianças, como adjuvante no tratamento de crises epilépticas parciais, com ou sem generalização secundária e crises tônico-clônicas generalizadas primárias.

O topiramato é indicado, também, para adultos e crianças como tratamento adjuvante das crises associadas à Síndrome de Lennox-Gastaut.

O topiramato é indicado, em adultos, como tratamento profilático da enxaqueca. O uso de topiramato para o tratamento agudo da enxaqueca não foi estudado.

Contraindicação do Topiramato

Hipersensibilidade ao topiramato ou a qualquer componente da fórmula do produto.

Não deve ser administrado durante a gravidez.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica. Informe imediatamente seu médico em caso de suspeita de gravidez.

Como usar o Topiramato

Para o controle ideal, tanto em adultos como em crianças, recomenda-se iniciar o tratamento com uma dose baixa, seguida de titulação até uma dose eficaz.

Recomenda-se não partir os comprimidos.

Não é necessário monitorar as concentrações plasmáticas de topiramato para otimizar o tratamento com topiramato. Raramente, o tratamento concomitante com fenitoína poderá exigir o ajuste de dose da fenitoína para que resultados clínicos ótimos sejam alcançados. A adição ou retirada da fenitoína e da carbamazepina do tratamento coadjuvante com topiramato poderá exigir o ajuste da dose do topiramato.

O topiramato pode ser administrado com ou sem alimentos.

Tratamento adjuvante em epilepsia

Adultos

A dose mínima eficaz é 200mg ao dia. Em geral, a dose total diária varia de 200mg a 400mg, dividida em duas tomadas. Alguns pacientes eventualmente poderão necessitar de doses de até 1600mg por dia, que é a dose máxima. Recomenda-se que o tratamento seja iniciado com uma dose baixa, seguida por uma titulação da dose até que se chegue à dose adequada.

O tratamento deve ser iniciado com 25 a 50mg, administrados à noite, durante uma semana. Posteriormente, a intervalos de 1 ou 2 semanas, a dose deverá ser aumentada de 25 a 50mg/dia e dividida em duas tomadas. A titulação da dose deverá ser orientada pelos resultados clínicos.

Alguns pacientes poderão obter eficácia com uma dose única diária.

Essas recomendações posológicas se aplicam a todos os pacientes adultos, incluindo idosos, desde que não haja doença renal subjacente.

Porém, nos pacientes sob tratamento com hemodiálise, há necessidade de uma dose suplementar.

Crianças acima de 2 anos de idade

A dose total diária de topiramato recomendada para crianças é de 5 a 9mg/kg/dia, dividida em duas tomadas. A titulação deve ser iniciada com 25mg (ou menos, baseado na faixa de 1 a 3mg/kg/dia) administrados à noite, durante a primeira semana. Posteriormente, a dose deve ser aumentada em 1 a 3mg/kg/dia (dividida em duas tomadas), à intervalos de 1 ou 2 semanas, até alcançar uma resposta clínica ótima. A titulação de dose deve ser orientada pela resposta clínica.

Doses diárias de até 30mg/kg/dia foram bem toleradas nos estudos realizados.

Monoterapia em epilepsia

Quando drogas antiepilépticas concomitantes são retiradas a fim de manter o tratamento com topiramato em monoterapia, deve-se considerar os efeitos que isto pode ter sobre o controle das crises. Exceto por razões de segurança que exijam uma retirada abrupta das outras drogas antiepilépticas, recomenda-se a descontinuação gradual com redução de aproximadamente um terço da dose a cada 2 semanas.

Quando fármacos indutores enzimáticos são retirados, os níveis plasmáticos de topiramato irão aumentar.

Uma diminuição da dose de topiramato pode ser necessária, se for clinicamente indicado.

Adultos

A titulação da dose deve ser iniciada com 25mg, administrado à noite, por uma semana. Então, a dose deve ser aumentada em 25 ou 50mg ao dia, a intervalos de 1 ou 2 semanas, dividida em duas tomadas. Se o paciente for incapaz de tolerar o esquema de titulação, aumentos menores ou intervalos mais longos entre os aumentos da dose podem ser usados. A dose e a velocidade de titulação devem ser orientadas pelo resultado clínico.

Em adultos, a dose alvo inicial recomendada para o topiramato em monoterapia é de 100mg/dia e a dose diária máxima recomendada é 500mg.

Alguns pacientes com formas refratárias de epilepsia toleraram doses de 1000mg/dia de topiramato em monoterapia. Estas recomendações aplicam-se a todos os adultos, incluindo idosos sem doença renal subjacente.

Crianças acima de 2 anos de idade

Em crianças acima de 2 anos de idade a dose inicial varia de 0,5 a 1mg/kg, à noite, durante uma semana. A seguir a dose deve ser aumentada em 0,5 a 1mg/kg/dia à intervalos de 1 a 2 semanas, dividida em duas tomadas. Se a criança for incapaz de tolerar o esquema de titulação da dose, aumentos menores ou intervalos maiores entre os aumentos da dose podem ser usados. A dose e a velocidade da titulação devem ser orientadas pelo resultado clínico.

A dose-alvo inicial recomendada para o topiramato em monoterapia em crianças é de 3 a 6mg/kg/dia.

Crianças com crises de início parcial de diagnóstico recente receberam doses de até 500mg/dia.

Posologia para Enxaqueca

Adultos

O tratamento deve ser iniciado com 25mg à noite durante 1 semana. A dose deve então ser aumentada em 25mg/dia, uma vez por semana. Se o paciente for incapaz de tolerar o esquema de gradação, intervalos maiores entre os ajustes de dose podem ser usados.

A dose total diária de topiramato recomendada na profilaxia de enxaqueca é 100mg/dia, divididos em duas tomadas. Alguns pacientes podem se beneficiar de uma dose diária total de 50mg. Pacientes receberam dose diária total de até 200mg/dia. A dose e a velocidade de gradação devem ser orientadas pelo resultado clínico.

Posologia para populações especiais

Insuficiência renal

Pacientes com insuficiência renal moderada e severa (CLCR <70mL/min) podem necessitar de uma redução de dose. É recomendada a administração de metade da dose usual de início e de manutenção.

O topiramato é removido do plasma por hemodiálise, uma dose suplementar de topiramato igual a aproximadamente metade da dose diária deverá ser administrada nos dias de hemodiálise.

Esta dose suplementar deverá ser dividida em duas tomadas, ao início e ao término da hemodiálise. A dose suplementar poderá ser ajustada dependendo das características do equipamento de diálise que estiver sendo utilizado.

Insuficiência hepática

O topiramato deve ser administrado com cautela em pacientes com insuficiência hepática.

Pacientes idosos

As doses recomendadas são válidas também para pacientes idosos. Não há necessidade de ajuste das doses, desde que esses pacientes não tenham doença nos rins.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

 

O topiramato é classificado como monossacarídeo sulfamato-substituído. Estudos eletrofisiológicos e bioquímicos em cultura de neurônios identificaram três propriedades que podem contribuir para a eficácia antiepiléptica do topiramato.

Potenciais de ação provocados repetidamente pela despolarização contínua de neurônios foram bloqueados temporariamente pelo topiramato, sugerindo uma modulação de canais de sódio dependentes de voltagem. O topiramato aumenta a frequência com que o ácido gama-aminobutírico (GABA) ativa receptores GABAA e aumenta a capacidade do GABA de induzir o influxo de íons cloreto, sugerindo que o topiramato potencializa a atividade desse neurotransmissor inibitório.

Este efeito não foi bloqueado pelo flumazenil, um antagonista benzodiazepínico e o topiramato não aumentou a duração da abertura do canal, o que o diferencia de barbitúricos que modulam receptores GABAA.

Como o perfil antiepiléptico do topiramato difere acentuadamente do das benzodiazepinas, ele pode modular um subtipo do receptor GABAA insensível à benzodiazepina. O topiramato antagoniza a capacidade do cainato ativar o subtipo AMPA/cainato (ácido alfa-amino-3-hidróxi-5-metilisoxazol-4-propiônico) do receptor aminoácido excitatório (glutamato), mas não exerce nenhum efeito aparente na atividade do N-metil-D-aspartato (NMDA) no subtipo de receptor NMDA.

Estes efeitos do topiramato são dependentes da concentração, em uma faixa de 1 mcM a 200 mcM, com atividade mínima observada entre 1mcM e 10 mcM. Além disso, o topiramato inibe algumas isoenzimas da anidrase carbônica. Este efeito farmacológico é muito mais fraco do que o da acetazolamida, um conhecido inibidor da anidrase carbônica, e não é considerado um componente importante da atividade antiepiléptica do topiramato.

Em estudos experimentais, o topiramato apresenta atividade anticonvulsivante em ratos e camundongos, em crises induzidas por eletrochoque máximo, e é eficaz em modelos de epilepsia em roedores, que incluem crises tônicas e crises semelhantes a crises de ausência, em ratos com epilepsia espontânea, e crises tônico-clônicas induzidas em ratos por abrasamento da amígdala ou isquemia global. O topiramato é apenas discretamente eficaz no bloqueio de crises clônicas induzidas pelo pentilenotetrazol, um antagonista de receptor GABAA.

Estudos realizados em camundongos submetidos à administração concomitante de topiramato e carbamazepina ou fenobarbital demonstraram atividade anticonvulsivante sinérgica, enquanto que a associação com fenitoína mostrou atividade anticonvulsivante aditiva. Em estudos clínicos bem controlados de uso adjuvante, não foi verificada nenhuma correlação entre concentrações plasmáticas de vale do topiramato e sua eficácia clínica. Não há evidência de tolerância em humanos.

Para a monoterapia em pacientes recém diagnosticados com epilepsia ou para conversão à monoterapia em pacientes com epilepsia, a ação terapêutica foi observada dentro de 2 semanas de tratamento.

Na terapia adjuvante em adultos e crianças com convulsões parciais ou generalizadas tônico-clônicas, a ação terapêutica foi observada nas primeiras quatro semanas de tratamento.

Para a profilaxia de enxaqueca em adultos, a ação terapêutica foi observada dentro do primeiro mês após início do tratamento.

Dados pré-clínicos de segurança

A exposição aguda e em longo prazo ao topiramato foi bem tolerada em camundongos, ratos, cães e coelhos. Hiperplasia das células epiteliais gástricas foi observada apenas em roedores e foi reversível em ratos após 9 semanas sem tratamento.

Os tumores de músculo liso originados na bexiga urinária foram observados apenas em camundongos (doses orais até 300mg/kg por 21 meses) e parecem ser exclusivos para a espécie. Uma vez que não existe contraprova em humanos, eles não foram considerados clinicamente relevantes. Tais achados não ocorreram no estudo de carcinogenicidade em ratos (doses orais até 120mg/kg/dia por 24 meses). Outros efeitos toxicológicos e patológicos do topiramato observados nestes estudos podem estar relacionados com a indução fraca de enzimas de metabolização de drogas ou inibição fraca da anidrase carbônica.

Apesar da toxicidade materna e paterna com apenas 8mg/kg/dia, nenhum efeito foi observado sobre a fertilidade em ratos machos ou fêmeas com até 100mg/kg/dia.

Em estudos pré-clínicos, o topiramato não apresentou efeitos teratogênicos nas espécies estudadas (camundongos, ratos e coelhos). Em camundongos, os pesos e a ossificação dos fetos foram reduzidos com 500mg/kg/dia em associação com toxicidade materna.

Os números globais de malformação fetal em camundongo estavam aumentados para todos os grupos tratados com o fármaco (20, 100 e 500mg/kg/dia), mas nenhuma diferença significante ou relação dose-resposta foram observadas para as malformações globais ou específicas, sugerindo que outros fatores, tais como toxicidade materna, podem estar envolvidos.

Em ratos, toxicidade materna e embrio-fetal (pesos reduzidos e/ou ossificação do esqueleto) relacionada à dose foram observadas para 20mg/kg/dia com efeitos teratogênicos (defeitos de membros e dedos) em 400mg/kg/dia e acima. Em coelhos, toxicidade materna relacionada à dose foi observada com 10mg/kg/dia, com toxicidade embrio-fetal (letalidade aumentada) com 35mg/kg/dia e efeitos teratogênicos (malformações de costela e vertebral) com 120mg/kg/dia.

Os efeitos teratogênicos observados em ratos e coelhos foram semelhantes àqueles observados com inibidores da anidrase carbônica, os quais não foram associados à malformação em humanos. Os efeitos sobre o crescimento também foram indicados pelos pesos menores ao nascimento e durante a lactação para filhotes de ratas tratadas com 20 ou 100mg/kg/dia durante a gestação e a lactação. Em ratos, o topiramato cruza a barreira placentária.

Em ratos jovens, a administração oral diária de topiramato em doses até 300mg/kg/dia durante o período de desenvolvimento correspondendo à infância e adolescência resultou em toxicidade semelhante àquela em animais adultos (consumo reduzido de ração com ganho de peso reduzido, hipertrofia hepatocelular centrolobular e hiperplasia urotelial leve na bexiga urinária).

Não houve efeitos relevantes sobre o crescimento (tíbia) ou densidade mineral (fêmur) de ossos longos, desenvolvimento pré-desmame e reprodutivo, desenvolvimento neurológico (incluindo avaliações da memória e do aprendizado), acasalamento e fertilidade ou parâmetros de histerotomia.

Em uma bateria de testes de mutagenicidade in vitro e in vivo, o topiramato não demonstrou potencial genotóxico.

Interação Alimentícia do Topiramato

Este medicamento pode ser administrado com ou sem alimentos.



Assine nossa newsletter e receba as melhores promoções e ofertas de sua região




SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, PROCURE ORIENTAÇÃO DO FARMACÊUTICO OU DE SEU MÉDICO. LEIA A BULA.



Todas as informações contidas nesse site tem a intenção de informar e educar, não pretendendo de forma alguma substituir as informações e orientações do profissional da saúde ou servir como recomendação para algum tratamento, não administre qualquer tipo de medicamento sem consultar o seu médico ou farmacêutico.